Bem-vindo à BOL. O nosso site usa cookies e outras tecnologias para personalizar a sua experiência e compreender como você e os outros visitantes usam o nosso site.
Para ver uma lista completa das empresas que usam estes cookies e outras tecnologias e nos informar se podem ou não ser utilizadas no seu dispositivo, aceda à nossa página de política de cookies.

Concordo
Distrito Sala
Detalhe Evento
TRÓPICOS MECÂNICOS

TRÓPICOS MECÂNICOS

Teatro & Arte | Performance

Centro Cultural Malaposta

Black Box
Classificação Etária
Maiores de 14 anos
2021
nov
26
a
2021
nov
28
Realizado

Duração

45 minutos

Abertura Portas

20:30

Intervalo

Sem Intervalo.

Promotor

Minutos Redondos, Lda.

Breve Introdução

Agradecemos a sua preferência. Confirme se todos os dados do seu bilhete estão corretos.

Informamos que os lugares não são marcados. As normas de entrada deste evento respeitam as diretrizes da DGS em vigor atualmente. O uso de máscara é obrigatório para todos os espetadores acima de 3 anos. É obrigatória a apresentação do certificado digital (vacinação, testagem ou recuperação) à entrada, bem como a apresentação do documento de identificação.

Informamos que por razões que nos são alheias a programação (datas, horários, elencos, etc) pode sofrer alterações.

Sinopse

TRÓPICOS MECÂNICOS (MUEDA) é um projeto transmedia com inspirações no afro-futurismo e no tropicalismo brasileiro, que consistirá de 3 camadas: uma performance teatral - acompanhada de uma videoinstalação; e uma publicação (física e digital) de um diário conceptual do projeto. O projeto parte de uma longa pesquisa
desenvolvida em torno do Massacre de Mueda - evento da história colonial portuguesa, ocorrido no ano de 1960, e que marca o início da Guerra Colonial em Moçambique.
Em 1979, Ruy Guerra, o importante cineasta moçambicano-brasileiro, realizou um filme refletindo sobre os acontecimentos de 1960 em Mueda, retratando a forma como o massacre estava ainda na memória dos moradores da pequena cidade, no norte do país africano. O mais
peculiar foi descobrir que os moradores da região encenaram durante décadas um teatro de rua recriando o dia do massacre, como uma forma de expurgar o trauma e refletir sobre o seu passado.

Ficha Artística

Criação: Felipe Bragança em parceria com Teatro GRIOT e Catarina Wallenstein
Criação dos Vídeos: Felipe Bragança
Intérpretes: Matamba Joaquim, Zia Soares, Gio Lourenço, Catarina Wallenstein e Daniel Martinho
Apoio na criação e cenografia: Victor Gonçalves
Colaboração na criação visual: Luang Senegambia Dacach
Figurinos: Ana Carolina Lopes
Música original: Selma Uamusse, Milton Gulli e 40D.
Direção de Fotografia do Vídeo: João Leão
Desenho de luz: Carolina Caramelo
Produção: Ana Lobato, Felipe Bragança
Citações e inserts: filme "MUEDA - Memória e Massacre" (dir. Ruy Guerra, 1979) e poemas de Ruy Guerra
Residência artística: Centro Cultural da Malaposta
Apoio: BoCA - Biennial of Contemporary Arts
Projecto financiado por: República Portuguesa Cultura / Direção-Geral das Artes
Parceiro institucional: República Portuguesa Ministério da Cultura

Preços

Bilhete Inteiro - 10,00€
[PREÇO ÚNICO]


A marcação de lugares para pessoas com mobilidade reduzida (cadeira de rodas) deve ser realizada diretamente com a Malaposta através dos seguintes contactos: ccmalaposta@gmail.com ou 212478240.

Pontos de Referência

Estação de serviço da Cepsa (Olival Basto)
Rotunda do Senhor Roubado

Transportes Públicos

METRO - ESTAÇÃO SR. ROUBADO [LINHA AMARELA]
AUTOCARRO - 736 [SERVIÇO DIURNO] | 206 [SERVIÇO NOTURNO]

Estacionamento

Parques de Estacionamento públicos circundantes

-
Partilhar

Serviços Adicionais

Veja ainda:

COLEÇÃO DE ESPECTADOR_S

Teatro & Arte | Teatro

Centro Cultural Malaposta

Auditório

ANDRAGE

Música & Festivais | Rock

Centro Cultural Malaposta

Café-Teatro