Bem-vindo à BOL. O nosso site usa cookies e outras tecnologias para personalizar a sua experiência e compreender como você e os outros visitantes usam o nosso site.
Para ver uma lista completa das empresas que usam estes cookies e outras tecnologias e nos informar se podem ou não ser utilizadas no seu dispositivo, aceda à nossa página de política de cookies.

Concordo
Distrito Sala
Detalhe Evento
VISITA CASA MARTA ORTIGÃO SAMPAIO

VISITA CASA MARTA ORTIGÃO SAMPAIO

Teatro & Arte | Museu

Casa Marta Ort. Samp.

Museu
Classificação Etária
A classificar pela CCE
Bilhete Pago
Todas as Idades
2020
set
29
a
2020
dez
31

Próxima Sessão

29 set 2020 10:00
Dias
Hrs
Min
Seg

Duração

9 horas

Promotor

Câmara Municipal do Porto

Breve Introdução

Instalada num edifício modernista de 1958, desenhado por José Carlos Loureiro, a Casa Marta Ortigão Sampaio resultou de uma doação à Câmara Municipal do Porto em 1978, e abriu ao público em 1996.

Marta Ortigão Sampaio (1897-1978) , filha Estela de Souza e Vasco Ortigão Sampaio, sobrinho de Ramalho Ortigão e célebre colecionador e mecenas portuense, era sobrinha materna das pintoras Aurélia de Souza e Sofia de Souza e nasceu num contexto privilegiado, convivendo desde cedo com a prática artística.
A estação 2 do MUSEU DA CIDADE, evoca o ambiente que rodeou a vida desta família da burguesia portuense, apresentando coleções de pintura, joias, armas, uma biblioteca especializada em livros de arte, peças de mobiliário de influência francesa, inglesa e indo-portuguesa e outras peças de arte decorativas.

Inscreve-se no eixo sonoro, que na Casa potencia outras leituras e narrativas em diálogo com a coleção, e no eixo romantismo, pela persistência do espírito romântico no gosto burguês da primeira metade do século XX.
Na Casa Marta Ortigão Sampaio encontram-se obras do naturalismo português de Silva Porto, Carlos Reis, Malhoa, Roque Gameiro, entre outros, e um importante acervo de pinturas, desenhos e fotografias de Aurélia de Souza, uma das mais singulares artistas portuguesas do seu tempo. O trabalho da artista remete para o universo doméstico e denota um estilo naturalista muito singular, com influências realistas, impressionistas e pós-impressionistas. A coleção de joias, uma das maiores de uso pessoal, apresenta perto de três centenas de peças de finais do séc. XVII ao séc. XX.

Ladeando a casa, no jardim encontram-se pedras trabalhadas que pertenceram ao convento de S. Bento de Avé-Maria, um pequeno lago e plantas de interesse como espécies de magnólias [magnolia grandiflora], um cedro do atlas [Cedrus atlantica], identificado-o no eixo natureza.

Informações Adicionais

Endereço
Rua de Nossa Senhora de Fátima, 291 / 299 4050-428 Porto
GPS: 41.159457, -8.625454
T. (+351) 22 606 6568

Autocarro/BUS: 203, 302, 203, 302, 508
Metro: Carolina Michaëlis
Estacionamento: Casa da Música

Preços

  • Geral - 2,20€

-
Partilhar