Bem-vindo à BOL. O nosso site usa cookies e outras tecnologias para personalizar a sua experiência e compreender como você e os outros visitantes usam o nosso site.
Para ver uma lista completa das empresas que usam estes cookies e outras tecnologias e nos informar se podem ou não ser utilizadas no seu dispositivo, aceda à nossa página de política de cookies.

Concordo
Distrito Sala
Detalhe Evento
Andy Sheppard e Mário Costa

Andy Sheppard e Mário Costa

Música & Festivais | Concerto

GNRATION OLD

BLACKBOX
Classificação Etária
Maiores de 6 anos
2020
jul
03
Realizado

Abertura Portas

21:00

Intervalo

Sem Intervalo.

Promotor

Fundação Bracara Augusta

Breve Introdução

Ciclo Julho é de Jazz 2020
Andy Sheppard e Mário Costa

A abertura do ciclo Julho é de Jazz 2020 acontece com uma colaboração a convite do gnration: o saxofonista britânico Andy Sheppard junta-se ao baterista português Mário Costa para um concerto único.
Andy Sheppard dispensa grandes apresentações, sendo um dos saxofonistas mais importantes do jazz europeu e dos poucos músicos britânicos que tiveram impacto na cena jazz internacional. Artista com selo ECM, uma das mais influentes editoras jazz de sempre, colaborou e gravou intensivamente com três dos mais consagrados compositores do jazz contemporâneo: Carla Bley, George Russell e Gil Evans. Recentemente, Sheppard, agora com 63 anos de idade, tem-se apresentado com o seu quarteto, formado por Eiving Aarset na guitarra e eletrónica, Michael Benita no contrabaixo e Sebastian Rochford na bateria. Em março deste ano, estava planeada uma digressão com Mário Costa no lugar de Sebastian Rochford, que acabou por não acontecer.
Consagrado pela crítica internacional como uma das principais referências da bateria no jazz europeu, Mário Costa construiu um notável percurso musical ao longo dos anos. Com mais de 400 concertos realizados enquanto baterista de artistas portugueses como António Zambujo e Ana Moura, integra em simultâneo e ininterruptamente diversas formações de jazz nacionais, como o Ensemble Super Moderne, Hugo Carvalhais Nebulosa e Gileno Santana Metamorphosis. Internacionalmente, é membro do supergrupo de Emile Parisien Sfumato, com quem editou já dois discos, consagrando Mário Costa ao lado das maiores figuras do jazz mundial como os lendários Michel Portal, Joachim Kühn e Wynton Marsalis.
Em 2018, Mário Costa lançou o álbum Oxy Patina (CleanFeed), que apresentou na edição de 2019 do ciclo Julho é de Jazz. A estreia em nome próprio e como compositor recebeu o máximo das estrelas pela revista Jazz.pt, que ainda lhe atribuiu os títulos de melhor disco do ano e músico de jazz nacional do ano.

Andy Sheppard - saxofone tenor e soprano
Mário Costa - bateria

-
Partilhar

Serviços Adicionais

Veja ainda:

À Babuja - Castro Marim

Teatro & Arte | Teatro

Castro Marim - Casa Sal

Recinto

BMA | Sessão de cinema: mudar de sítio

Teatro & Arte | Cinema Animação/Infantil

GNRATION

BLACKBOX