Bem-vindo à BOL. O nosso site usa cookies e outras tecnologias para personalizar a sua experiência e compreender como você e os outros visitantes usam o nosso site.
Para ver uma lista completa das empresas que usam estes cookies e outras tecnologias e nos informar se podem ou não ser utilizadas no seu dispositivo, aceda à nossa página de política de cookies.

Concordo
Distrito Sala
Detalhe Evento
Paisagem Efémera - industrial e urbana | 1º Ato

Paisagem Efémera - industrial e urbana | 1º Ato

Teatro & Arte | Performance

Edifício 4

Entrada
Classificação Etária
Maiores de 12 anos
Bilhete Pago
A partir dos 4 anos
2021
mai
27
a
2021
mai
29

Próxima Sessão

27 mai 2021 19:00
Dias
Hrs
Min
Seg

Duração

90 minutos

Intervalo

Sem Intervalo.

Promotor

Teatro da Didascália, C.R.L

Sinopse

Olá,

este ano Riba d’Ave será a nossa segunda casa. Ao longo dos próximos meses iremos olhar o território ribadavense e a sua paisagem industrial. Ao todo serão três atos de uma peça que se irá construir ao longo de 12 meses. A primeira apresentação pública terá lugar já em maio e o nosso encontro será no espaço da antiga Fábrica Sampaio Ferreira.

Nos últimos meses andámos a vaguear pela vila à procura de vestígios, histórias e imagens que nos falassem da fábrica, do trabalho, dos operários, das operárias, mas também do rio que dá nome à vila e que se esconde atrás da fábrica. Aqui, a fábrica está por toda a parte: nas margens e na água do rio, no mercado, no hospital, nas escolas, no hóquei, no cineteatro e até dentro das próprias casas. A fábrica está em todos os lugares mas já não está na fábrica. Fechou, está vazia, tirou férias ou foi dar uma volta. A sua presença faz-se sentir pelo silêncio que deixou no centro da vila e por tudo o que cresceu a partir dela. É a partir desse centro, desse átomo gerador do big-bang da revolução industrial de Riba d’Ave que partiremos.

No vazio e no silêncio deixado pela antiga fábrica descobrimos uma página em branco para escrever o presente. Encontrámos uma fábrica vazia para ocupar com a imaginação futuros utópicos. É verdade, transformamos um antigo espaço de trabalho num lugar lúdico para exercitar a imaginação.

Ficha Artística

Direção Artística: Bruno Martins
Direção e Coordenação Geral: Cláudia Berkeley
Criadores: António Júlio, Bruno Martins, Margarida Gonçalves, Rui Souza
Programa de Mediação: Vera Santos
Direção Técnica: Valter Alves
Produção: Raquel Passos
Comunicação: Anaïs Proença
Design Gráfico: Rui Verde
Fotografia de Cena: Paulo Pimenta
Registo de Vídeo: Os Fredericos
Assessoria de Imprensa: Central de Informação

Preços

  • Geral - 5€

-
Partilhar

Serviços Adicionais